Seminário online da Rede UniSustentável destaca iniciativas acadêmicas para a preservação dos biomas brasileiros

Postado por: Leonardo Chaves

No dia 19 de junho, às 9h30min (horário de Brasília), será realizado o seminário online “Meio Ambiente e Academia: A Contribuição das Instituições de Ensino Superior para a Preservação dos Biomas Brasileiros”. Promovido pela Rede Brasileira de Instituições de Ensino Superior para o Desenvolvimento Sustentável (UniSustentável) em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, o evento será transmitido pelo canal da TV UFMS no YouTube, destacando projetos de instituições de ensino superior brasileiras que trabalham na conservação e preservação dos biomas Amazônia, Caatinga, Mata Atlântica, Pantanal e Pampa.

O seminário contará com a presença de palestrantes representantes das instituições membro da Rede UniSustentável, incluindo Valdinar Ferreira Melo, da Universidade Federal de Roraima (UFRR), que abordará seu projeto focado na avaliação das áreas de terras alteradas nos ambientes de florestas e savana do estado. O estudo analisa os níveis de alterações, a diversidade biológica, as alterações físicas e químicas do solo, além de propor alternativas de uso sustentável das terras.

Edna Scremin-Dias, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), apresentará o projeto relacionado ao fogo e alagamento no Pantanal. A pesquisa investiga os efeitos do fogo e da inundação na biodiversidade do Pantanal, com foco no manejo de áreas protegidas na Bacia do Alto Paraguai. Este trabalho é importante para entender as dinâmicas ambientais em um dos biomas mais importantes e ameaçados do Brasil.

Do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), Marconi Feliciano da Silva discutirá o projeto de arborização e reflorestamento com mudas nativas do bioma Caatinga. A iniciativa visa recuperar áreas degradadas e promover a sustentabilidade no semiárido pernambucano, contribuindo para a preservação da flora local e a mitigação dos efeitos das mudanças climáticas.

Rodrigo Lemes Martins, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), trará à tona seu trabalho sobre a integração das dimensões espacial, temporal e social no funcionamento e biodiversidade dos ecossistemas costeiros do Norte Fluminense. Este estudo busca compreender as complexas interações nesses ecossistemas, promovendo estratégias de conservação que envolvem comunidades locais.

Por fim, Eduardo Bohrer de Azevedo, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), apresentará suas estimativas nutricionais de ruminantes consumindo pastagens nativas do bioma Pampa. A pesquisa contribui para o desenvolvimento de práticas sustentáveis na pecuária, garantindo a conservação das pastagens nativas e a manutenção da biodiversidade.

Os participantes do seminário online que registrarem sua presença, receberão certificação. Este evento é uma oportunidade  para conhecer os esforços acadêmicos em prol da preservação dos biomas brasileiros, promovendo a troca de conhecimentos e fortalecendo a rede de conservação no país.